CRESS/PR solicita a impugnação de Edital do concurso da COHAPAR

O CRESS/PR formalizou junto ao Presidente da Companhia de Habitação do Paraná (COHAPAR), Mounir Chaowiche, uma solicitação de impugnação do Edital nº 001/2011, referente ao Concurso Público de 2011 da Companhia.

A solicitação é para que seja retificado o Edital do Concurso, requisitando a alteração das atribuições do cargo de Técnico em Desenvolvimento Social para que as atividades relacionadas a ele não se confundam com aquelas do/a Assistente Social.

A permanência da descrição deste cargo conforme consta no Edital configura um exercício ilegal da profissão do/a Assistente Social por pessoa sem habilitação técnica específica, conforme prevê a Lei de Regulamentação Profissional 8662/93.

O documento enviado pelo CRESS/PR ao presidente da COHAPAR esclarece também quanto à redução da jornada de trabalho do/a Assistente Social para 30 horas semanais, sem redução salarial, conforme dispõe a Lei 12.317/2010.

A entidade aguarda a manifestação da COHAPAR no prazo legal de cinco dias a partir do recebimento do documento. Do contrário, o CRESS/PR adotará outras medidas legais cabíveis.

8 comentários em “CRESS/PR solicita a impugnação de Edital do concurso da COHAPAR”

  1. Gostaria de saber se já houve um parecer da COHAPAR referente a retificação das atribuições do cargo de técnico em desenvolvimento social, visto que já esta próximo o dia do concurso?!

  2. Adriana Cristina de Lima Nepomoceno

    Gostaria de dizer a vocês da minha indignação com o concurso da COHAPAR, pois os portões como dizia no edital não foram fechados mas sim as portas da PUC, no bloco 1 as portas foram fechadas 2 minutos antes do horário previsto, muita gente ficou para fora, não tinha uma organização no local, muita gente não sabia por onde ir para chegar nos blocos.

  3. Tem que ser impugnado, as portas de acesso ao prédio foi fechado antes do tempo previsto, deixando muitos profissionais indignados e revoltados por não conseguirem fazer a prova.

  4. Achei muito estranho o cargo de técnico em desenvolvimento social ainda mais, por não permitir que assistentes sociais se candidatassem ao cargo e sim outros profissionais de nível superior como psicólogo por exemplo.

  5. Gostaria de saber se o fato de não chamarem nenhum assistente social para a COHAPAR no Paraná, apenas os técnicos em desenvolvimento social, se deve ao fato de ainda estar tramitando o processo que o CRESS moveu contra a COHAPAR, e como esta o andamento dessa ação judicial.

  6. Gostaria de saber se o fato de não chamarem nenhum assistente social para a COHAPAR no Paraná, apenas os técnicos em desenvolvimento social, se deve ao fato de ainda estar tramitando o processo que o CRESS moveu contra a COHAPAR, e como esta o andamento dessa ação judicial.

  7. Amarildo Geraldo Costa

    Boa tarde. Como anda o processo referente ao concurso da Cohapar para o cargo de Assistente Social? Aqui em Paranavaí precisava de Assistente Social mas devido à impugnação chamaram um Técnico em Desenvolvimento Social. Agora dizem que não vão mais precisar de Assistente Social pois este profissional já desempenha a mesma atribuição. Isso é um absurdo! Por favor gostaria de saber como está esta questão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.